Inovação como prioridade 1

June 27, 2015

 

No mês passado participei do 2º Fórum de Inovação na FIERGS e saí de lá mais inspirada do que nunca para continuar o meu trabalho como Agente de Inovação nas empresas. Então pensei, no meu próximo artigo vou falar sobre como é possível crescer em um ambiente tão competitivo por meio da inovação, tendo ela como prioridade 1.

 

Para grande parte das empresas, inovação significa novos produtos ou novas tecnologias e essa é uma visão pouco profunda sobre o assunto, com isso, principalmente as pequenas empresas, acham que é impossível ou muito difícil inovar em seus negócios. Claro, que é possível encontrar empresas com esforços maiores para inovação em produtos e tecnologias, mas também em estratégias de marketing, na experiência dos clientes e nos seus processos.

 

Trago então o conceito de inovação, segundo o Manual de Oslo da OECD, “implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas“. Ou seja, inovação é possível sim e independe do tamanho da empresa ou segmento em que ela atua.

 

Mas como gerar ideias de inovação? Voltando a minha participação no Fórum da Inovação, quero compartilhar a metodologia criada e apresentada pelo palestrante Rowan Gibson, considerado o Mr. Innovation.

 

Em seu livro Inovação Prioridade nº1 (#dicadeleitura), Gibson traz a ferramenta 4 Lentes da Inovação. Segundo o autor existem 4 “lentes” ou perspectivas específicas que todas as empresas podem usar sistematicamente para revelar novos insights inspiradores e novas oportunidades de crescimento poderosas, são elas:

 

1) Desafiar as Ortodoxias – As empresas precisam desafiar o que todo mundo está fazendo, observar exemplos de boas práticas em outros setores que possam ser aplicadas no seu negócio, fazer o que já vem sendo feito, mas de forma diferente.

2) Aproveitar tendências – As tendências estão aí para serem aproveitadas, ao mesmo tempo, deve-se observar as DESCONTINUIDADES que são mudanças bruscas no ambiente externo da organização que podem afetar profundamente os seus negócios ou atividades. Sendo assim, ver o futuro no presente!

3) Alavancar recursos – Usar o que a empresa tem de competências e tecnologias de forma diferente, para outros produtos ou serviços.

4) Entender necessidades – Pensar pela ótica do cliente, se colocar no lugar dele para identificar possíveis necessidades e problemas que a empresa pode solucionar. Muitas vezes nem o cliente sabe, então fica a cargo da empresa descobrir e apresentar soluções. Nesta última perspectiva diria ainda que é possível aproximar o cliente da empresa para cocriar junto com eles soluções novas.

Por fim, inovar é preciso e possível sempre!

 

“Nada é permanente, exceto a mudança“

Heráclito de Éfeso

Please reload

Destaques

10 dicas de conteúdos, testados, que engajam e vendem nas redes sociais

23/01/2019

1/3
Please reload

Posts Recentes

Please reload

Arquivos

Please reload

Tags

Siga a gente

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

Novo Hamburgo - RS

cintia@apipaconsultoria.com

(51) 99332-4742

soon-873316_960_720.png

Acompanhe nossas

mídias sociais

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • Branca Ícone LinkedIn